Hospital Unimed Araçatuba realiza cirurgia de próstata com técnica inovadora

No último dia 20 de Julho, aconteceu no Hospital Unimed Araçatuba a primeira cirurgia de próstata de toda região utilizando a técnica inovadora para o tratamento da hiperplasia prostática benigna denominada de Ablação Prostática a Laser.

03 cirurgia prostata 2017-08-04 at 15.08.41

Esta técnica possibilita diversos benefícios ao paciente, pois não há necessidade de se fazer incisões na pele, especialmente em pacientes com próstatas volumosas. O procedimento é realizado no centro cirúrgico sob anestesia através de um pequeno aparelho introduzido na uretra até a próstata (sem cortes). Por dentro deste aparelho é introduzida uma fibra que transmitirá a energia do laser até o tecido prostático em excesso, que será vaporizado. Como o laser coagula ao mesmo tempo que destrói o tecido, o sangramento é muito discreto. Deste modo, os riscos e complicações são menores, a alta e o retorno do paciente para casa são mais rápidos e a recuperação bem mais tranquila.É necessário que toda equipe utilize óculos de proteção,devido a ação do laser.
Drº Fábio Navarro, médico urologista de Araçatuba foi quem realizou o procedimento e contou com a ajuda do também urologista especialista neste tipo de cirurgia, Drº Thiago Nunes, do Hospital Vera Cruz de Campinas, um dos pioneiros desta técnica no país.

cirurgia_prostata 2017-08-04 at 15.08.43

Trazer esta técnica para nossa região é um passo muito importante para os pacientes que necessitam deste tipo de cirurgia. Além de toda estrutura que é disponibilizada pelo Hospital, dispomos de uma equipe médica especialista no assunto a fim de ajudar o paciente a encontrar um tratamento eficaz, eficiente e com poucas comorbidades; vale ressaltar que cada caso deve ser analisado e avaliado pelo médico.”, diz Drº Fábio.

Entenda a hiperplasia benigna prostática

A hiperplasia benigna da próstata consiste no crescimento da glândula que, por sua vez, comprime a uretra e obstrui o fluxo de urina. Não há relação com o câncer de próstata. Entre as principais consequências do problema estão os incômodos sintomas como muitas idas ao banheiro durante o dia e à noite, além de jatos de urina mais fracos do que o normal. Não tratar a doença pode prejudicar a uretra, com dificuldade de esvaziamento urinário, provocando infecções frequentes, além de maior risco de complicações nos rins e na bexiga. O problema afeta mais da metade dos homens com mais de 50 anos. Sua causa, entretanto, não é totalmente conhecida. Acredita-se que esteja relacionada às alterações hormonais que ocorrem com o avanço da idade.

Técnica a laser

Por meio de um tubo inserido na uretra, o laser lança ondas de luz verde no tecido da próstata, ocorrendo vaporização imediata do tecido em excesso, ocasionando desobstrução instantânea do fluxo urinário.

4 de agosto de 2017Unimed de Araçatuba