Famílias estão mais esclarecidas quanto a importância da doação de órgãos

No último domingo (dia 03/09) o Hospital Unimed Araçatuba realizou mais uma captação de órgãos, sendo a sexta captação desde que foi implantada a Comissão Intra Hospitalar de Transplantes, em Agosto de 2016. Todos os protocolos que foram abertos até hoje no Hospital Unimed Araçatuba e concluídos como morte encefálica, tiveram 100% de aceitação pelas famílias, ou seja, todos autorizaram a doação de órgãos de seus entes queridos.

DSCN2915

Fato este, que coloca o Hospital Unimed Araçatuba com uma taxa de aceitação superior a taxa nacional que é de 57 %. Atualmente, no Brasil, de cada 100 famílias, 43 recusam fazer a doação.

Para Alisson Bonfietti, psicólogo e membro da comissão, este fato se deve as informações recebidas durante a realização do protocolo. “Neste momento de dor as famílias precisam ter suas dúvidas acolhidas e muito bem esclarecidas, isto é fundamental na decisão. Saber que podem ajudar alguém é muito importante para que o processo de luto caminhe da dor intensa para a saudade do ente querido”, concluí Alisson.

O doador foi o senhor Waldevir Canha, 69 anos de Araçatuba. Foram captados rins, córneas e fígado. A captação das córneas foi realizada pela equipe do Hospital Unimed Araçatuba e os demais órgãos pela equipe do Hospital de Base de São José do Rio Preto.

Com esta captação, ao menos cinco pessoas podem ser beneficiadas.

5 de setembro de 2017Unimed de Araçatuba