ORIENTAÇÕES DA FISIOTERAPIA PARA ALTA HOSPITALAR UTI NEONATAL E PEDIÁTRICA

Os objetivos da Fisioterapia são diversos: desde recuperar a função respiratória quando o bebê tem dificuldade para respirar, até estimular o desenvolvimento sensório motor.

Higiene nasal
Crianças e recém-nascidos respiram principalmente pelo nariz até aproximadamente 6 meses de idade. Suas narinas são pequenas e facilmente obstruídas, o que provoca importante dificuldade respiratória para o bebê. É comum a presença de secreção nasal nos recém-nascidos, o que pode atrapalhar no momento da amamentação e do sono. A lavagem nasal pode reduzir engasgos e aspiração do leite.

Como fazer a higiene nasal no bebê?
Use a medida de 1⁄2 conta gotas ou seringa de 1 ml de soro fisiológico em cada narina para facilitar a saída da secreção nasal. Limpe cuidadosamente o nariz com um pano macio de algodão.
Você também pode utilizar aquelas “perinhas” para retirar a secreção antes das mamadas e do sono. Certifique-se de empurrar o ar de dentro da “perinha” antes de inserir sua extremidade na narina do bebê. Não introduza cotonetes para o interior da narina com intuito de limpá-la, isso pode lesionar o nariz e levar a secreção para o interior do nariz.

Estimulação Precoce
A estimulação precoce pode ser definida como um programa de acompanhamento e intervenção com bebês e crianças pequenas buscando o melhor desenvolvimento possível, bem como de efeitos na aquisição da linguagem, na socialização e na estruturação subjetiva, podendo contribuir, inclusive, na estruturação do vínculo mãe/bebê. (Ministério da Saúde, 2016)

A idade de todo bebê prematuro deve ser corrigida para o termo (data prevista para o nascimento), sendo considerado o feto de 40 semanas. Por exemplo: um bebê prematuro de 30 semanas deverá ter sua idade corrigida até as 40 semanas previstas para o nascimento. Portanto ao completar 03 meses da data do nascimento, a idade corrigida deste bebê será de 2 semanas. Essa correção deve ser feita até o bebê completar dois anos.

Seguem, de forma sucinta, os marcos do desenvolvimento motor, lembrando-se que é necessário respeitar as diferenças individuais:

  • Controlar a cabeça: 3 meses;
  • Sentar com apoio: 5 meses;
  • Manipular e tocar objetos: 5 meses;
  • Rolar: 6 meses;
  • Sentar sem apoio: 7 meses;
  • Realizar preensão: 7 meses;
  • Ficar de pé com apoio: 8 meses;
  • Engatinhar ou rastejar: 9/10 meses;
  • Andar com apoio: 9/11 meses;
  • Andar sem apoio: 12/18 meses.