modelo-imagem-cabecalho
 

Mais de 30 anos cuidando da saúde de Araçatuba e região

Em outubro de 1978 um grupo de médicos tomou a iniciativa de criar uma cooperativa de trabalho médico em Araçatuba visando organizar o atendimento aos diversos convênios então existentes. A partir daí o médico cooperado teria a sua disposição um órgão estruturado capaz de negociar e administrar a emissão de guias, realizar cobranças e conferências de contas hospitalares e diversas questões burocráticas, ficando livre para se dedicar à sua atividade primordial, o atendimento ao paciente.

A nova Cooperativa, denominada Unimed de Araçatuba, seguia cumprindo o seu papel ampliando o número de usuários, admitindo novos médicos e fechando contratos empresariais.

Em suas sucessivas administrações a Cooperativa acompanhou a evolução de nossa sociedade e as mudanças de nossa economia, lançando novos Planos de Saúde individuais e familiares, criando Enfermarias e Pronto Socorro particular próprios em parceria com a Santa Casa de Araçatuba, além de diversas outras iniciativas que a colocaram entre as mais eficientes e bem estruturadas do país.

Em 2001 a classe médica local foi capaz de realizar um grande sonho, construindo o Hospital Unimed Araçatuba, o mais completo e moderno centro de atendimento médico de toda a região.

Inserindo-se no Sistema Nacional Unimed, a Cooperativa pôde participar de grandes decisões que permitiram o fortalecimento da classe médica, contribuindo para a criação das Unimeds de Birigui, Penápolis e Andradina, hoje todas Unimeds independes.

Da Unimed, que começou a funcionar em uma sala da Associação Paulista de Medicina, com uma máquina de escrever e restrito grupo de usuários, restam apenas as boas recordações por parte dos fundadores, funcionários e primeiros usuários. Hoje a Unimed de Araçatuba conta com mais de 400 cooperados entre médicos e serviços contratados, 54 mil usuários, serviço de UTI móvel e o mais moderno Hospital da região.

A Unimed é hoje a maior rede de assistência médica do país com 98 mil médicos cooperados, 11,7 milhões de usuários e 30% do mercado de saúde brasileiro.